segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Mascarpone caseiro

Mascarpone caseiro


Ingredientes:

1 litro de creme de leite fresco

60 g de suco de limão



Preparo:

Misturar o creme de leite e o suco de limão com o auxílio de uma espátula (não utilize o fuet). Depois de misturar transfira a mistura para uma peneira forrada com um pano de pratos apoiada sobre uma vasilha funda. Leve para a geladeira e deixe dessorar de uma dia para o outro. No dia seguinte retire o mascarpone da peneira e transfira para um pote com tampa. Seu mascarpone caseiro está pronto!!! Conserve na geladeira por até uma semana.





Observações:

  • Pode-se utilizar qualquer tipo de limão (siciliano, taiti, cravo). Eu utilizei o limão siciliano.
  • 1 litro de creme de leite rende bastante (aprox. 800 g), se quiser obter aproximadamente 350 - 400 g de mascarpone faça meia receita.

sábado, 22 de setembro de 2012

Scrapbooking- Album 15 anos

 
 
Algumas páginas do álbum de 15 anos que fiz para presentear minha sobrinha Vitória.
 
 
O vestidinho foi feito com um coração e forminhas de brigadeiro.
Atrás de cada página coloquei envelopinhos para que os amigos pudessem deixar recados, guardados, é a minha versão do famoso painel de fotos com recados.
O tema "vestido" foi usado porque a festa era "Anos 60"
 










sexta-feira, 21 de setembro de 2012

Seja bem vinda "Primavera"



 
Primavera
Cecília Meireles

A primavera chegará, mesmo que ninguém mais saiba seu nome, nem acredite no calendário, nem possua jardim para recebê-la. A inclinação do sol vai marcando outras sombras; e os habitantes da mata, essas criaturas naturais que ainda circulam pelo ar e pelo chão, começam a preparar sua vida para a primavera que chega.

Finos clarins que não ouvimos devem soar por dentro da terra, nesse mundo confidencial das raízes, — e arautos sutis acordarão as cores e os perfumes e a alegria de nascer, no espírito das flores.

Há bosques de rododendros que eram verdes e já estão todos cor-de-rosa, como os palácios de Jeipur. Vozes novas de passarinhos começam a ensaiar as árias tradicionais de sua nação. Pequenas borboletas brancas e amarelas apressam-se pelos ares, — e certamente conversam: mas tão baixinho que não se entende.

Oh! Primaveras distantes, depois do branco e deserto inverno, quando as amendoeiras inauguram suas flores, alegremente, e todos os olhos procuram pelo céu o primeiro raio de sol.

Esta é uma primavera diferente, com as matas intactas, as árvores cobertas de folhas, — e só os poetas, entre os humanos, sabem que uma Deusa chega, coroada de flores, com vestidos bordados de flores, com os braços carregados de flores, e vem dançar neste mundo cálido, de incessante luz.

Mas é certo que a primavera chega. É certo que a vida não se esquece, e a terra maternalmente se enfeita para as festas da sua perpetuação.

Algum dia, talvez, nada mais vai ser assim. Algum dia, talvez, os homens terão a primavera que desejarem, no momento que quiserem, independentes deste ritmo, desta ordem, deste movimento do céu. E os pássaros serão outros, com outros cantos e outros hábitos, — e os ouvidos que por acaso os ouvirem não terão nada mais com tudo aquilo que, outrora se entendeu e amou.

Enquanto há primavera, esta primavera natural, prestemos atenção ao sussurro dos passarinhos novos, que dão beijinhos para o ar azul. Escutemos estas vozes que andam nas árvores, caminhemos por estas estradas que ainda conservam seus sentimentos antigos: lentamente estão sendo tecidos os manacás roxos e brancos; e a eufórbia se vai tornando pulquérrima, em cada coroa vermelha que desdobra. Os casulos brancos das gardênias ainda estão sendo enrolados em redor do perfume. E flores agrestes acordam com suas roupas de chita multicor.

Tudo isto para brilhar um instante, apenas, para ser lançado ao vento, — por fidelidade à obscura semente, ao que vem, na rotação da eternidade. Saudemos a primavera, dona da vida — e efêmera.

quarta-feira, 19 de setembro de 2012

Chancliche (queijo árabe)

 
 
 
 
 
 





Chanchiche

1 ricota de aproximadamente 1 Kg
Todo o preparado do Zattar Caseiro Fresco
1/2 xícara de azeite
1 colher de sopa (rasa) de sal

A parte mais complicada da receita: Amasse bem todos os ingredientes até darem liga. Com as mãos untadas em azeite faça bolinhas, passe na cobertura que mais te agrada , coloque-os numa assadeira sobre papel manteiga e leve à geladeira por pelo menos 5 horas, para que fiquem firmes. Embale com filme plástico e conserve na geladeira, ou faça bolinhas pequenas e coloque em azeite.
Como neste caso o Zattar é fresco, não convém deixar mais do que 3 ou 4 dias.

Sugestões de Cobertura:

- Pimenta Calabresa Seca
- Orégano
- Gergelim
- Zattar
 
Zattar
 
2 colheres de sopa de gergelim moído*
1 colher de sopa de gergelim inteiro*
1 colher de sopa de tomilho fresco (só as folhinhas)
1 colher de sopa de folhas de hortelã fresca picada
1 colher de sobremesa de orégano fresco

Misturar bem todos os ingredientes. Pronto.
 
fonte:http://pt.petitchef.com

sexta-feira, 10 de agosto de 2012

Vitória, vitoriosa.



Vitória.



Feliz Aniversário Princesa

O tempo passa rápido e muitas vezes estamos tão ocupados, vivendo momentos, que acabamos esquecendo que dele depende nosso futuro…
Viva esta fase maravilhosa da sua vida com sabedoria. Busque caminhos novos,
lute por seus ideais,
mostre sua cara de alegria
ou de tristeza.
Mas faça tudo isso, sabendo que as coisas que realizamos hoje, independentes de serem boas ou não, causarão efeitos no nosso amanhã…
Por isso, viva sempre em busca do que for melhor para você…
Estarei torcendo para que tenha uma vida inteira de muitas realizações e que você consiga todas as coisas que seu coração deseja.
Que esse aniversário lhe traga muita alegria….

Parabéns…

da sua tia que lhe ama muuuuitooooo!!!!!!





segunda-feira, 23 de julho de 2012

Chá de pimenta infalivel para gripe, bronquite e asma

Inventei esse chá em um momento "desespero total", estava em uma crise de bronquite e já estava cansada de ser internada ( porque tenho arritmia e remédio pra bronquite agrava a arritmia, então toda vez que tinha crise de bronquite, eu era internada em uma UTI para ser medicada...águas passadas), fui até a geladeira e peguei tudo o que tinha lá dentro (literalmente), fiz um chá que passei a chamá-lo de "chá de pimenta" e acreditem ou não nunca mais tive uma crise de bronquite e isso já tem 4 anos, sempre que sinto que a gripe vem chegando ou uma dorzinha de garganta, corro pra geladeira.


Receita:
Em uma panela coloque açucar, gengibre, cravo, canela e uma pimenta grande dedo-de-moça, leve ao fogo para caramelizar, quando estiver caramelizado acrescento frutas diversas, quanto mais variedade melhor.
Geralmente acrescento maçã, laranja, limão, goiaba,maracujá,  abacaxi, morango, uva, romã. Gosto também (quando tem) de colocar hibisco, cardamomo, anis. Depois de acrescentar as frutas, coloco água quente, pois quanto menos ferver, mais manterá os nutrientes das frutas, então assim que levantar fervura, deixo mais uns dois minutos, desligo e bebo bem quente e o melhor de tudo...é uma delicia!!



Pimenta: É um  tempero que descongestiona as vias aéreas e dissolve as secreções.

maçã-Previne a infeção da garganta.
"Na limpeza do trato vocal, são indicados a maçã, que por sua propriedade adstringente auxilia a limpeza da boca e da faringe, favorecendo uma voz com melhor ressonância."
 
romã-O chá de romã é muito eficiente para inflamações nas mucosas bucais e da faringe, pois possui propriedades anti-sépticas e antiinflamatórias que combatem os microorganismos que podem ser os causadores da garganta inflamada e diminuem os seus sintomas, como a dor e o mau hálito característicos.
 
abacaxi-Ajuda a expelir secreções e é expectorante.
 
goiaba-Conhecida por ter muita vitamina C, apresentando a goiaba vermelha níveis dessa vitamina de 4 a 5 vezes superiores aos da laranja, possui quantidades razoáveis de vitaminas A e do complexo B, além de sais minerais, como cálcio, fósforo e ferro
Em etnofarmacologia é usada para diarreias na infância. O chá, em bochechos e gargarejos, é usado para inflamações da boca e da garganta ou em lavagens de úlceras e na leucorréia.
 
gengibre-O gengibre é utilizado para tratamento de náuseas, vômito, dor de cabeça, congestão do peito, cólera, gripe, diarreia, dor de estômago, reumatismo e doenças nervosas. Essa planta é um excelente remédio para inflamação da garganta, asma, bronquite, além de ser excelente no combate ao câncer.
O gengibre pode ser utilizado como antibiótico, além de possuir componentes que tratam a depressão. Os extratos de gengibre estimulam os centros vasomotor e respiratório.

morango-A fruta é uma boa fonte de vitamina C e age contra infecções, doenças cardíacas e pedras nos rins.

terça-feira, 10 de julho de 2012

bolas de espelhos

Num monento "brilho total" me inspirei e fiz essas bolas com espelhos.
Super facil de fazer.
Você só vai precisar de:
-Cola branca
- bolas de isopor
-e fitas de espelhos (esses são de 0,5 cm)



Comece colando pelo centro, depois mais uma tira de cada lado, e asim por diante, para facilitar o trabalho, conforme for chegando mais perto da extremidade, vá cortando em pedaços bem menores.


Pronto, agora é só brincar!!!


quarta-feira, 4 de julho de 2012

conchiglione com creme de ricota e alho negro

 Ingredientes:
- macarrão conchiglione cozido al dente
-creme de ricota
-2 pães amanhecidos e demolhados no leite
-6 azeitonas sem caroço
-pimenta jalapeno
-6 dentes de alho negro
- salsinha picada
- folhinas de manjericão
-uma pitada de sal gourmet
- pimenta do reino
- creme de leite fresco
Em um refratário coloque molho de tomate, recheie os conchiglione e arrume na travessa, regue com um pouco de creme de leite fresco e cubra com uma farofinha de pão



Farofa  de pão ou crocante
ingredientes:
-pão amanhecido( pode ser  francês, de leite ou o de forma)
-salsinha e manjericão
-alho negro picado
-azeite ou manteiga
- queijo ralado
Bata o pão no processador, coloque o azeite no fogo, acrescente o alho negro, o pão  as ervas , mexa bem pra não queimar, mexa por uns dois minutos, acrescente o queijo e polvilhe sobre os conchigliones e leve tudo ao forno por mais ou menos uns 25 minutos.

FICOU DIVINO, MANJAR DOS DEUSES!!!!!


Alho negro


O bulbo comum, fermentado e envelhecido, perde o sabor ardido, recebe cor e começa a chegar às mesas de restaurantes brasileiros.
A coloração negra do alho é obtida por meio do controle de temperatura e umidade em estufa.


Doce, frutado e macio. Quem diria que essas seriam qualidades atribuídas a um alho? Um processo originário do Oriente para fermentação e envelhecimento do bulbo comum (Allium sativum) traz nova cor à mesa. Com casca dourada e dentes escuros, pode levar a pensar que foi queimado ou está apodrecido. Mas, tal como vinho, o alho negro fica ainda melhor com o passar do tempo quando se tomam alguns cuidados.

A história faz segredo sobre a procedência da técnica de preparo do alho negro, assim como fazem aqueles que dominam o processo. O que se sabe, no entanto, é que coreanos e japoneses disputam o posto de criadores da iguaria. Na Coreia, foi introduzido como suplemento na dieta por conter alto teor de antioxidantes, substâncias benéficas à saúde. Na internet, há referências sobre um pesquisador japonês que teria “inventado” o tal alho em 2005. E foi justamente no Japão que o famoso chef espanhol Ferran Adrià o teria provado pela primeira vez, em 2007. De concreto mesmo, somente há a certeza de que o ingrediente é novo tanto para os orientais quanto para os ocidentais e que só agora, atraindo os olhares do mundo, escreve seu primeiro capítulo.
fonte:http://revistagloborural.globo.com/Revista/Common/0,,EMI170405-18292,00-ALHO+NEGRO+TRAZ+NOVA+COR+A+GASTRONOMIA.html

Mas eu diria que o segredo fica por conta de outros, porque no meu caso adoro fofocar e vou contar tudinho como fiz em casa o meu delicioso alho negro.
Depois de ler essa materia no site globo rural me interessei demais pelo assunto e comecei insistentemente desvendar os segredos do alho negro, pesquisei em sites americanos,  coreanos e japoneses e foi nos sites coreanos que obtive maior sucesso, eles descreviam o processo caseiro feito em panela eletrica de arroz, na maioria das experiências caseiras eles reclamavam que não conseguiam obter a textura macia que deve ter o alho negro, então veio a questão; como manter a umidade dentro de uma panela elétrica? Pesquisei mais um pouco e descobri que no processo original eles usavam agua das geleiras, barris de carvalho antigos(antes usados para envelhecer vinhos) enterrados na terra. Mas voltemos a realidade  e a modernidade e falemos mais da panela elétrica.




Receita:Primeiro convença seu marido que você precisa muito comprar uma panela elétrica de arroz( no meu caso não precisei insistir muito, ultimamente ele está um amor...faz todas as minhas vontades)
- escolha  cabeças de alho de bom tamanho e com boas camadas de casca
- agua mineral
- papel manteiga
-papel aluminio
e muita paciência e nariz tampado.

Mergulhe as cabeças de alho em agua mineral, deixe por 10 minutos e tire, forre a panela com papel aluminio e depois com papel manteiga, deixe sobrar dos dois papeis, pois você terá que cobrir o alho,
ajeite o alho dentro da panela, de forma que não amassem quando estiverem fermentando, consegui arrumar duas camadas( + ou - 8 cabeças, minha panela é pequena), feche o papel manteiga e depois o aluminio, feche a tampa e vede a abertura do vapor com fita crepe  e deixe num local arejado, de preferencia fora de casa, porque nos primeiros dias o cheiro é bem forte. Deixe a panela ligada no modo aquecer. Aguns dizem que fica pronto em 40 dias, outros dizem em 21 dias o meu ficou pronto em 10 dias, deixei a panela ligada dia e noite. O resultado foi esse aí de cima, ouve uma diferença de textura entre o que ficou embaixo e o que ficou em cima, o que ficou embaixo (esquerda) ficou mais cremoso e com um gosto um pouco menos adocicado e o da direita que ficou na camada de cima ficou com uma textura um pouco mais firme , mas o sabor ficou muito melhor, então acredito que para conseguir um meio termo, devo no meio do processo colocar os de baixo para cima e vice-versa. Quando estiverem prontos, retire da panela e deixe repousar por umas 5 horas, depois coloque em embalagem hermetica e mantenha em refrigeração por até 3 meses. Para preparar suas receitas, use sua imaginação e não esqueça de compartilhá- las  com o blog.



O meu alho negro está ficando cada dia melhor, acho que mesmo na geladeira ele continua o processo.

quarta-feira, 27 de junho de 2012

novidades na cozinha (tecido na parede)


Estou voltando (deixaram eu usar um pouquinho o computador)
Então vamos as novidades...



Essa parede que separa minha cozinha da copa, estava com a pintura meio gasta de tanto eu lavar, e eu estava doidinha pra fazer uma "graça"... então me muni de tecido, cola, tela , cupula, granpeador, porque é claro, não fiquei só na paredinha, né.

Pra colar o tecido na parede, preguei a parte de cima com preguinhos para acertar bem as listras( poucos pregos, quatro ou cinco), comecei colando a lateral perto da pia e depois a parte de cima, onde preguei os preguinhos, depois colei a parte de baixo e por último colei a lateral da virada. Dessa vez foi bem mais fácil  que o tecido do meu quarto, onde naquele momento tive a infeliz idéia de passar cola na parede toda, aqui foi só nas laterais...muito mais fácil!!!


Essa cúpula eu já tinha,(usei ela numa decoração de ano novo)foi só colar o tecido e encaixar na luminaria que já estava no lugar.


E pra "gracinha" ser maior, peguei uma tela que também já tinha( ela era o quadro com a rosa vermelha) reciclei e encapei, preguei a telinha menor com granpeador e nessa tela maior vou usar para pregar recados.


quarta-feira, 7 de março de 2012

quadros originais


Pintados quadros de resina
Se você está procurando como decorar uma parede vazia, pintado em tons diferentes de quadros malva e resina de vários projetos e agrupá-las como quiser.

 Umm ... O que apetitoso!
Decore a sua cozinha ou escritório com esta mesa, coberta com o velho ou esfarrapado. Não poderia ser mais fácil. O quadro, Brocar.


 Olhe bem de perto!
Seu trabalho será super-canto desses quadros caixa exclusiva, Ikea, com lupas e abre-cartas



Uma colagem muito variada
Gostaria de ter pedaços de pano e cartões que você tem armazenado em uma gaveta? Sugerimos que você moldá-los e montar uma peça como esta.

De grão em grão ... A imagem!
Um punhado de arroz e um de longo tradicional que você precisa para fazer sua "arte". E se você olhar, nós usamos uma lata como um castiçal.


http://casadiez.elle.es/